segunda-feira, 14 de novembro de 2011

Sobre constatações

Na minha consulta pré-cirúrgica com a psicóloga, ela disse: - Magreza não é sinônimo de felicidade.
Eu pensei: - Ela é louca. Ser magra facilita muito, deixa a gente com a auto-estima bem legal, ajuda na vida amorosa.

Menos de dez meses depois eu entendo. E entendo muito bem. A ansiedade permanece, só muda o foco. Se antes era a perda de peso, hoje tem outro motivo qualquer. Magreza não traz felicidade. Verdade.

Estou aprendendo a me controlar. Viver um dia por vez e lembrar que os problemas não se resolverão se eu der um ataque de nervos. Ter paciência custa paciência. Mas, paciência!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção!

1. Seu comentário só será publicado mediante aprovação;
2. Mensagens de spam não serão aceitas;
3. Coloque o link do seu blog (caso tenha) no local adequado (use OpenID);
4. Mensagens ofensivas não serão aceitas;
5. Os comentários dos leitores não expressam a opinião da autora.

Obrigada pela visita!