quinta-feira, 25 de agosto de 2011

Sobre um dos responsáveis pela minha vitória

Em outubro do ano passado uma conversa por e-mail foi decisiva. Falava com o meu pai sobre como eu me sentia, minhas tristezas e insatisfação. E ele me perguntou se eu não queria fazer a cirurgia bariátrica, convencendo minha mãe de que seria o melhor para mim e me dando total apoio. Se hoje eu estou muito mais feliz e satisfeita com tudo, o apoio e o incentivo dele foram decisivos. Mesmo morando longe, eu sempre tive muita atenção, e esse blog é um dos meios pelo qual ele pode acompanhar minha evolução na perda de peso. Ele me disse que estaríamos juntos nessa luta. E nunca faltou com a palavra nesse aspecto. 

Pai, se eu cheguei até aqui, 80% da força eu tirei da nossa parceria. Estou vencendo a obesidade graças ao seu apoio. Me faria ainda mais feliz se ganhássemos juntos essa luta.  Queria ter postado isso no dia dos pais, mas por alguns imprevistos não saiu a tempo. Mas meu amor por você é atemporal.Obrigada por me fazer uma pessoa tão mais feliz e esperançosa, com força para lutar pelo que eu quero, que eu achava que já não existia mais. Obrigada pela ajuda, pelo apoio, por me resgatar de um suicídio lento e doloroso e me ajudar a conquistar uma grande parcela de felicidade. Obrigada por tudo!


Beijos!

segunda-feira, 22 de agosto de 2011

7 meses de bariátrica

Peso inicial: 115kg (obesidade mórbida)
Peso atual: 76,6kg (sobrepeso)

Beijos!