Pular para o conteúdo principal

Pilates, musculação e Desafio 30 Dias Sem Jacar.

Além do pilates - que eu tenho duas vezes por semana - resolvi voltar à academia, pra complementar a semana. Sim, eu poderia fazer caminhadas, mas sou preguiçosa demais, sempre arranjo desculpas para deixar para o dia seguinte. Como o pilates é às segundas e quartas, malharei às terças, quintas, sextas e sábados. Tenho ido regradamente, mesmo estando bastante dolorida, e ainda tenho que fazer uma avaliação física. O legal é que poderei acompanhar meu progresso ao longo dos meses, não medirei apenas pelo peso, mas pela massa magra adquirida também.
E pra me estimular ainda mais, comprei malhas de ginástica, mochila pra quando eu tiver que ir direto para a aula do cursinho, tops, enfim. E como dói no bolso, fica mais fácil criar coragem ao lembrar do quanto investi financeiramente nisso.

Cansaço x satisfação

Também estou participando de um desafio no Instagram, o #30semjacar. As regras estão aqui. Iniciei na segunda e estou me saindo melhor que a encomenda. O único escorregão foi ontem, no aniversário do meu namorado, em que comi 3 salgadinhos assados de cebola e meia fatia de bolo Charge. Diminui a minha culpa se eu disser que o chocolate do bolo era meio amargo?

Tenho tirado receitas com baixa quantidade de carboidratos simples do Instagram também, pela hashtag #salgadomaromba. Como não consigo comer todo, divido a receita em duas e como metade por vez. Têm saciado minha fome e ficam bem gostosos, basta temperar com bastante vontade.


Feito com peito de frango + batata doce e recheado com 3 queijos lights

E também aprendi a fazer ratatouille. Sou bem chatinha pra comer verduras, legumes e afins, e esta foi uma ótima maneira de incluí-los na minha alimentação, porque fica uma delícia sem deixar de ser saudável.


♥ Mini chef Remy ♡ 
Ah, e outra notícia boa: aqui em Teresina está na época do evento Cidade Junina. Passei lá pra ver os quiosques, uma amiga me disse que passou na Bio Extratus e eu fiquei curiosa. Lá eles me fizeram uma análise capilar e, para minha feliz surpresa, meu couro cabeludo está bem, os fios sadios e as pontas normais. E eu ainda ganhei sachê de amostras de xampu e condicionador de camomila. Estou curiosa pra testar e com muita vontade de provar a linha de macadâmia, que eu esqueci qual é o nome.

Como uma das regras do desafio é escrever tudo o que eu comer, peguei um caderninho antigo e pouco usado e fiz dele um diário de dieta. É bem chatinho, mas já deixei de comer várias coisas só pela preguiça de ter que anotar depois. haha

E a cada segunda-feira farei uma nova pesagem. Vou tirar a poeira da página de pesagens também.

Volto assim que tiver mais novidades.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Hirsutismo e acompanhamento.

De novembro pra cá tenho feito as sessões de laser em outra clínica (a ponteira da anterior quebrou e dois meses depois ainda não tinha voltado). O laser é o mesmo (Soprano), mas a aplicação é diferente: por varredura. E isso fez uma diferença incrível para suportar o incômodo. Hoje foi a minha quarta sessão nessa nova clínica, e me explicaram que as aplicações foram iniciadas com a varredura em uma área maior e intensidade 9, e foi intensificando aos poucos. Hoje foi feita na metade da área anterior e com intensidade de 12 joules. Foi bem mais incômodo, mas nada comparado a quando eu fazia com o Light Sheer, do qual eu saía literalmente com lágrimas nos olhos.
Com o Light a diferença veio mais rápido, é verdade, mas eu tenho preferido algo mais gradativo porém que eu consiga aguentar, pra não acabar desistindo. Apesar disso, a depilação já passou de 2 vezes ao dia para apenas 1, e os pelos estão bem mais falhos.
Mesmo sendo uma facada no ego, decidi fotografar meu rosto essa manhã com…

Hirsutismo.

Um dos motivos que mais pesaram para que eu voltasse a escrever é meu hirsutismo. Que bicho é esse?

"Define-se o hirsutismo (também chamado de frazonismo) como a presença de pelos terminais na mulher, em regiões anatômicas consideradas características do sexo masculino. (...) Esta condição resulta da ação de hormônios andrógenos circulantes na corrente sanguínea, levando a estimulação da unidade folículo-sebácea fazendo com que os pelos cresçam pigmentados, bem como aumento da produção de ácidos graxos saturados (sebo) e aumento do conteúdo de colágeno da pele, facilitando a proliferação de microorganismos cutâneos." Tem mais aqui.

Resumindo a missa: eu tenho pelos pelo corpo (desculpa, não consegui pensar numa forma melhor de escrever) como se fosse um homem. Sem exageros, ouso dizer que tenho mais barba que meu namorado (sim, estou namorando há quase 10 meses, mas este é outro assunto). Agora imaginem vocês o estupro no ego que é para uma mulher ter que se barbear todos os d…

Controle hormonal, laser e controle dos pelos

Oi, gente! Tudo bem?
Recebi algumas perguntas sobre os tratamentos que já fiz numa publicação de 2014 e decidi fazer um vídeo sobre as minhas experiências e impressões sobre cada tipo que já fiz.



Espero ter esclarecido algumas dúvidas.  Se vocês tiverem perguntas, comentem aqui embaixo ou lá no canal que em breve eu responderei. Sugiram, perguntem, critiquem - mas com carinho, tá?
Beijos!